quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Ando meio distraída...


Tenho andado longe, distante. Perdida no meio de florestas tropicais, ouvindo o ruído das chuvas, conversando com o nada ou escutando o barulho dos grandes silêncios. 
O estrondoso barulho do nada!

Tudo que eu ainda não conheço bem, escandalosamente se debruça em meu caminho. Os beirais das minhas varandas vivem encharcados de lembranças antigas e estranhas.
E eu vivo assim, distraída e doce, sob a luz do meu novo e último amor. 
                                                                                                                                                                                                                                                                       

2 comentários:

  1. Ala, obrigada pela visita e palavras!!
    Você traz sempre muita paz!

    Meu carinho.

    ResponderExcluir